Como montar um PC pra Render

Atualizado: Ago 21


Se você já passou muita raiva por ter que esperar horas por uma imagem renderizando, ou mesmo porque as viewports dos softwares sempre ficam lentas e travando o tempo mesmo usando todas as técnicas de otimização possíveis, saiba que você não está sozinho nesse mundão.



Acontece que os softwares que tanto nos ajudam nos estudos, jobs e TCCs da vida(um abraço para que tá nesse momento de luta), precisam de uma máquina minimamente adequada para poderem funcionar bem. E é aqui que se encontra a dúvida mais cruel: como saber escolher ou montar um computador que “rode” bem todos os programas que eu preciso, sem ter que vender um rim ou um vizinho para isso?!


>>>Meu PC é Bom para Renderizar?


Mas não se desespere ainda! Antes de mais nada, é importante reforçar 2 coisas:


1. Mesmo com computadores mais fracos, é possível fazer renders - entre outros trabalhos - com ótima qualidade! O que mais importa é a mente operando por trás da máquina! Se você não souber usar e otimizar bem os programas com os quais trabalha, terá problemas mesmo com um equipamento super caro.


>>>Deixando o SketchUp 10x Mais Leve

>>>Renderizando 10x Mais Rápido


2. Sim, se seu computador ou notebook não acompanha a qualidade das ferramentas que você usa, o stress e as noites sem dormir em prol de imagens de qualidade serão muito mais frequentes! É triste, mas inevitável nesse caso! =/


Então se você já otimiza bem suas ferramentas, mas elas continuam lentas e travando, muito provavelmente está na hora de você comprar um novo computador!


E é justamente para isso que nós estamos aqui: para ajudar você a escolher um BOM computador, que “rode” bem todos os programas que você utiliza para 3D, arquitetura e render e que tenha, é claro, um custo-benefício muito bom também!


Levaremos em conta aqui na matéria os softwares mais usados pela galera da área: AutoCad, Revit, SketchUp, Lumion, Photoshop, etc. Então, vamos lá:



Processador (CPU)


Podemos dizer que o processador - ou simplesmente CPU, já que todos sabemos que a “caixa” dentro da qual ficam todos os componente é o GABINETE =). Sendo o “cérebro” do seu computador, é ele quem vai processar todas as tarefas e comandos que dermos.


E os 2 softwares que vão exigir mais dele, por sua vez, serão o V-Ray e o Lumion. Assim, se o processador for bom para esses 2, todos os demais softwares irão funcionar super bem! Contudo, na hora da escolha, temos que analisar principalmente estes 2 aspectos dele:


  • Frequência (ou Clock): quanto maior a frequência da sua CPU, mais rápido ela vai executar todas as tarefas e, por consequência, mais rápidos os seus renders irão ser feitos! No caso do Lumion, mesmo que ele use principalmente a placa de vídeo, recomenda-se um clock de aprox. 4Ghz ou algo aproximado. Caso contrário, ocorrerá um “gargalo” (quando o processador limita a placa de vídeo por exemplo) se você estiver usando placas de vídeo com uma qualidade mais bacana. No caso do Vray, também é simples: quanto maior a frequência, mais rápido o render.


  • Threads: é a quantidade de núcleos físicos + núcleos virtuais do seu processador. Para o Lumion, a quantidade de Threads simplesmente não faz diferença. Já para o Vray, é simplesmente determinante. Quanto mais threads, mais rápido o seu render. A quantidade deles definirá a quantidade de buckets (aqueles “quadradinhos”) que vão processar o seu render.

Resumindo, quanto maior a frequência e a quantidade de Threads, mais rápidos os seus renders serão! Então surge a quela dúvida marota: AMD ou Intel?



Apesar de muito se discutir sobre as 2 marcas, o fato é que as 2 podem lhe suprir muito bem! Vale lembrar que normalmente os processadores AMD são mais baratos do que os da Intel, mesmo com especificações parecidas. Mas vale reforçar: sabendo escolher, produtos de ambas as marcas vão te entregar ótimos resultados. Escolha o que te traga maior custo-benefício.



Placa de Vídeo (GPU)


A placa de vídeo é outro componente simplesmente crucial para o rendimento de softwares gráficos!


O Vray, contraditoriamente ao que muita gente imaginava, é um software que, por padrão, não usa a placa de vídeo para renderizar, utilizando apenas a CPU (apesar de já ser possível renderizar via GPU ou em modo híbrido, ainda há incompatibilidade com algumas funções, mas é legal já ficar de olho). O Lumion, em contrapartida, é o programa que mais vai “pedir” da sua placa de vídeo. Escolha uma GPU que “aguente” bem o Lumion, e todos os outros softwares também vão te agradecer com uma viewport fluida e sem travamentos.


Para escolher uma boa placa de vídeo para o Lumion, também não vai ser nenhuma dor de cabeça. Para resumir o processo, quanto maior o PassMark, melhor! O recomendado é que a placa tenha pelo menos um PassMark de 8.000 e 6Gb ou mais de memória.


Para cenas bem complexas, como um estádio, um aeroporto, ou até mesmo uma cena de interiores com muitos detalhes, recomenda-se uma placa com, no mínimo, um PassMark de 10.000 e 8Gb de RAM. Para conferir o PassMark de cada GPU, clique aqui!


As placas da Nvidia da família GeFORCE são uma ótima pedida, e uma das mais usadas entre os usuários de Lumion, entre outros renderizadores baseados em GPU.


Memória (RAM)


Este item tem um papel simplesmente importantíssimo, pois o seu uso é compartilhado para iniciar o sistema operacional do computador, iniciar os softwares e aplicações, e ainda armazenar os dados temporários dos seus projetos que estão sendo desenvolvidos até que sejam salvos definitivamente no HD.


Todavia, possuir mais memória RAM não quer dizer, necessariamente, que os seus renders vão sair mais rápidos, ou que os seus trabalhos vão ficar mais ágeis. Mas se você não tiver quantidade suficiente, é fato que os seus renders podem ficar incrivelmente mais lentos, entre outros processos que podem ficar travados(isso se o sistema operacional não parar também).


Para todos os softwares citados, o recomendado é 16GB ou mais! Atente-se também para a frequência (Mhz) da memória. Quanto maior a frequência, melhor!


Placa-Mãe


É mais um item super importante, e que requer bastante cuidado na hora da escolha, pois todos os outros componentes do seu pc estarão conectados à ela para que o PC possa funcionar. (pouco importante, né?! :P )


Na hora de escolher sua placa-mãe, é essencial verificar alguns pontos:


  • RAM (tecnologia e quantidade): é preciso saber quantos slots(espaços para pentes de memória) a placa tem, pois se você quiser adicionar mais memória, mas a sua placa não tiver a quantidade necessária de slots, você ficará limitado (ou terá que trocar de placa, gastando mais). O recomendado é que você já escolha pensando na possibilidade de aumentar a quantidade de RAM futuramente. E se você pretende usar memórias que possuam a tecnologia DDR4 (que tem rendimento superior às DDR3, por exemplo), é necessário que a sua placa-mãe tenha compatibilidade com essa tecnologia.


  • Compatibilidade do Processador: Antes de definir sua placa-mãe, já tenha em mente qual processador você pretende usar, pois se não houver compatibilidade entre ambos, o processador não vai funcionar. Simples assim! Para saber se eles são compatíveis, verifique o soquete(que traduzindo, seria o “encaixe”) ao qual o seu processador tem suporte. Ex: o processador I7 9700k tem suporte ao soquete FCLGA1151.


  • HD SSD: caso você queira um melhor rendimento e rapidez no que diz respeito ao armazenamento no seu pc, recorrendo aos famosos SSDs, então é importante que você confira se sua placa mãe tem entradas compatíveis com eles.



Armazenamento


Se você deseja maior velocidade na inicialização do sistema operacional do seu computador, aberturas de softwares e na transferência de arquivos, nós sugerimos que, além do HD convencional, invista também em um SSD - que, sem sombras de dúvidas, lhe trará uma agilidade sem igual nesses quesito!


A dica é que você tenha os dois, sendo o SSD como principal com o sistema operacional e softwares instalados, e o HD para arquivos e softwares que sejam menos importantes no seu dia-a-dia(afinal, ter o armazenamento apenas em SSD, ou seria insuficiente ou ficaria um pouquinho caro demais).



Fonte


Mais um item mega importante, é o responsável por manter o pc ligado em todas as ocasiões. Muitas pessoas tem problemas com fontes quando iniciam um processo de renderização de um projeto, pois quando é demorado e/ou requer maior desempenho do computador, ele pode acabar desligando automaticamente por não conseguir suportar apesar de que, teoricamente, tudo deveria estar funcionando perfeitamente.


Ou seja, significa que a fonte não está de acordo com os componentes instalados no computador e não está conseguindo distribuir toda e energia que os componentes estão requisitando.


Recomendamos, então, que você opte por uma fonte “Real”(que é voltada para computadores de alto rendimento) e, de preferência, com tecnologia semi modular e PFC Ativo.


Para saber a potência que a sua fonte deve ter para suprir a necessidade de todos os seus componentes e não te deixar na mão, você pode usar uma Calculadora específica para isso.



Gabinete


Esse aqui é um daqueles itens que muita gente quer simplesmente pegar o “mais barato”, pois acreditam que ele serve somente para “guardar” todos os itens citados acima.



Entretanto, se você realmente quer que o seu computador tenha um rendimento verdadeiramente bom e “saudável”, seja montando-o a partir do zero ou fazendo um upgrade gradualmente até que atinja a melhor configuração, o gabinete terá um papel simplesmente essencial!


Primeiro, temos que procurar um gabinete bem espaçoso para que as peças sejam instaladas corretamente. Além disso, vale lembrar: componentes com um rendimento mais alto tendem a esquentar mais. E quanto mais eles esquentam, menor o rendimento e a vida útil deles.Um gabinete grande e espaçoso, portanto, terá um papel simplesmente fundamental na refrigeração da sua máquina.


Um gabinete “apertado”, por sua vez, tende a fazer com que tudo esquente mais e mais rápido(podemos usar os notebooks como exemplo, que por possuírem menos espaço, tendem a esquentar mais).


Além disso, verifique também as possibilidades dele para instalação de watercoolers ou aircoolers, que são componentes que vão fazer toda diferença no que diz respeito à manter o seu PC com uma temperatura ideal. Para concluir, lembre também de conferir quais entradas e saídas o gabinete possui.



Coolers


Como já vimos anteriormente, o PC esquentar demais é algo que não podemos deixar acontecer se queremos ter um bom rendimento, prolongar a vida útil dos componentes, entre outras coisas. E para mantermos uma boa média de temperatura, devemos escolher bons Air Coolers ou Water Coolers.

  • AIR COOLER: é o sistema mais comum e mais conhecido. Dependendo do PC pode ser mais que suficiente. Alguns dos problemas mais comuns podem ser os ruídos e acúmulo de poeira.


  • WATER COOLER: é um sistema de refrigeração à partir de fluidos(eu sei que dá um pouco de medo, mas não se desespere). Conhecido por, na maioria das vezes, ter uma capacidade de refrigeração acima dos coolers mais comuns, é na majoritariamente escolhido por quem possui máquinas de alto rendimento, que é o caso dos nossos PCs para Render. Uma desvantagem desse tipo de cooler é que requer mais espaço no gabinete, além de manutenção periódica. *Certifique-se sempre de que ele será instalado corretamente, para não haver vazamentos que podem danificar as demais peças. Fazendo isso, tá tudo certo! =D


Air Cooler x Water Cooler


A conclusão sobre a comparação entre os dois é que, dependendo das suas necessidades, escolhendo um bom modelo, os dois sistemas podem suprir. Mas também é fato que, na maioria das vezes, quem quer tirar o máximo desempenho do PC(taca-lhe render o/), acaba optando pelos watercoolers.


E sobre as especificações deles, quanto maior a velocidade (RPM) e o “fluxo de ar” (CFM) e menor a quantidade de ruído (dBA), melhor!


E para escolher o seu monitor, por fim, é só dar uma olhadinha na nossa matéria Os 05 Passos Para Escolher um Monitor para Render!


Loja FÍSICA x Loja ONLINE


E pra concluir, uma dúvida bem comum. Vale a pena comprar em Lojas Online? Muita gente ainda tem medo de comprar à distância, mas o fato é que, nos dias de hoje, além de as lojas online mais conhecidas já oferecerem o mesmo nível de segurança e suporte (e até muito mais em vários casos), os preços, na maioria das vezes, saem absurdamente mais baratos.


Um pequeno “incentivo” pra ajudar você a superar o seu medo. Ano passado fomos comprar uma máquina aqui para o escritório. Queríamos um PC daquelas que só falta voar e tínhamos um orçamento bem legal separado para isso. Fizemos orçamentos em 3 lojas físicas. O preço saiu por volta de (sente-se antes de continuar lendo) 21 mil reais. Isso mesmo 21 MIL R-E-A-I-S. Ah, mas era uma super máquina, né?!


Pois é, fomos fazer o orçamento da mesma máquina em 3 lojas online, e em todas as 3, conseguimos um PC com exatamente as mesmas configurações com um preço de aproximadamente 13k. Mais uma vez, você não leu errado. Mais de 7 mil reais mais barato. E o nosso monstrinho vai muito bem, obrigado.. Hehe’ Se isso não for motivo suficiente para você começar a amar lojas online, acho que nada mais será! :P


E quais são as Lojas mais conhecidas?


Algumas das lojas mais conhecidas atualmente para se comprar peças e montar PCs são a Kabum, a PICHAU e a Terabyte (essas duas últimas já enviam o pc montado). Em todo caso, é sempre bom dar uma "sondada" na reputação da loja antes de sair comprando qualquer coisa. Para isso, você pode verificar a pontuação dela no site do Reclame Aqui, por exemplo, ver os reviews na página da loja no Facebook e também perguntar lá no nosso grupo sobre a experiência dos membros com a loja que te interessou.


E pra quem vai de Notebook? Nesse caso recomendamos a AVELL! Uma das melhores marcas(senão a melhor) de notebooks para quem vai utilizar softwares voltados 3D e arquitetura! E além disso, clicando aqui, quando você escolher o seu note, você ainda vai ganhar um Mouse de Alto Rendimento como Brinde, por ser aluno da Chahoud Cursos!



Ainda tá em dúvida?


Fique à vontade para postar sua dúvida lá no nosso grupo de estudos, que estamos todos lá pra ajudar 💪


E aí, curtiu a matéria? Então não esquece de deixar um comentário aqui abaixo para sabermos o que você achou, e também de nos dizer que tipo de conteúdo você gostaria de ver nas próximas matérias! =D

19,533 visualizações4 comentários
Logo_horizontal_claro_252x37.png

Criar e compartilhar conteúdo sobre a área de maquetes eletrônicas é nossa paixão.

Galerias

Cursos

Siga-nos

  • Grey Facebook Ícone
  • Cinza ícone do YouTube
  • Grey Instagram Ícone

© 2014 - 2020 - Chahoud Cursos