Conheça os 07 Poderes da Pós-Produção

Atualizado: Mai 4


Se você veio até aqui, muito provavelmente, é porque se interessou por esse termo que, vez ou outra, aparece pelos grupos de 3D da vida. Mas se ainda não sabe o que é a pós-produção ou quais as vantagens e a diferença que uma boa pós pode fazer nos seus projetos, fica tranquilo que vou te explicar tudo aqui mesmo! =D



A Pós-Produção


O termo pós-produção, como o nome já bem diz, é um processo que ocorre após a produção de algo, no qual o produto ainda passa por um último estágio de finalização. Aqui, no nosso caso, estamos falando sobre pós-produção arquitetônica, que acontece depois que um 3D já foi feito e uma ou mais imagens foram geradas na etapa de renderização.


“Ah, mas se o render já foi gerado, já tenho tudo o que preciso, não? O que exatamente vou fazer nessa tal de pós?”

Na verdade, há uma infinidade de coisas. Entre as mais comuns está a correção de pequenos possíveis erros que podem ter passado batidos antes de iniciar a renderização, e o aprimoramento geral da imagem. E com aprimoramento geral, não quero dizer que a imagem estava ruim e por isso temos que resolver na pós.


A verdade é que dá sim para deixar uma imagem que já está bem legal ainda mais bonita e impactante - o que é um comportamento humano bastante natural. Um bom exemplo disso, é que nós, mulheres desse mundão de Deus, independente do quão bonitas somos, ainda insistimos em passar maquiagem ao menos nos momentos em que julgamos ser mais importantes (porque nem sempre estamos com tanta paciência assim🤣).


Se considerarmos que a pós-produção é a maquiagem dos renders, um recurso para deixá-los ainda mais bonitos, então acho que podemos entender a exposição dos projetos como um momento importante para as imagens não? Afinal, foi para isso que essas imagens nasceram rsrs’



Os Poderes da Pós-produção


Vou listar abaixo então, alguns bons exemplos do que se pode fazer numa pós-produção.



1. Fazer Ajustes Básicos


Ajustes de cor, brilho e contraste, exposição (iluminação geral) ou mesmo a adição de um bom background (céu ou “fundo”), são alguns exemplos dos ajustes mais básicos que podemos fazer no Photoshop gastando não mais que poucos minutos.

Colocando céu e ajustando iluminação no Photoshop.

2. Correção de Erros


Os erros mais comuns como manchas de iluminação (ou pela falta dela), objetos atravessados e/ou flutuantes, emendas ou repetição em texturas também são facilmente resolvidas na pós, e sem muito esforço (se você sabe o que tá fazendo, é claro 🧐).

Corrigindo erros em textura no Photoshop

3. Adição de Efeitos


Se você é daqueles que adora ver efeitos como Lens Flares (as estrelinhas de luz), Light Trail dos carros a noite (os rastro de luz), o Fog (névoa) sobre o lago ou na cidade fria, ou ainda os lindos Caustics (efeito dos raios de luz refletidos ou refratados por uma superfície curva, como a água, por exemplo), saiba que todos podem ser feitos na pós. 💪

Adicionando efeito de Fog simples na cena

4. Humanização